ESPORTE E CIDADANIA

Encontro de gerações na Festa do Circo nos Centros Olímpicos e Paralímpicos

Magia circense é resgatada como cultura popular em apresentações artísticas e oficinas experimentais de acrobacia e malabares


Camila de Magalhães -

Publicação: 03/04/2017 10:58 |

Apresentação de acrobacias aéreas em tecido encantou o público de Sobradinho (Fotos: Camila de Magalhães/FAC/D.A Press)
Apresentação de acrobacias aéreas em tecido encantou o público de Sobradinho (Fotos: Camila de Magalhães/FAC/D.A Press)


Recheado de magia e encantamento, o circo tem o poder de levar alegria para pessoas de todas as idades. As brincadeiras dos palhaços, as piruetas dos acrobatas e a coordenação dos malabaristas encheram os olhos de todas as cerca de 2 mil pessoas que acompanharam o espetáculo na manhã de sábado (1º/4) e domingo (2/4) nos Centros Olímpicos e Paralímpicos de Sobradinho e Estrutural, respectivamente. E foi nesse espirito de diversão e resgate da cultural popular que diferentes gerações se encontraram e curtiram juntas cada minuto da Festa do Circo realizada pela Fundação Assis Chateaubriand e Secretaria de Esporte, Turismo e Lazer do Distrito Federal. O evento foi o primeiro de uma série de sete, que continua no próximo fim de semana e vai até maio em outros cinco Centros Olímpicos e Paralímpicos do DF. A proposta é oferecer aos alunos e familiares um momento de descontração e união fora das aulas esportivas regulares.

 

 (Camila de Magalhães/FAC/D.A Press)
Além de assistir ao espetáculo apresentado por artistas, a garotada teve a oportunidade de fazer pintura de rosto, montar fantasias, jogar argolas e bola ao alvo e experimentar algumas novas habilidades em oficinas de malabarismo, acrobacias, perna-de-pau e rola-bola. “O circo em geral proporciona a chance de as pessoas brincarem com o próprio corpo. O resgate disso e das brincadeiras populares tradicionais é fundamental para construir a infância nos moldes humanos, menos virtual. A infância está se tornando muito tecnológica. A gente precisa manter nossas raízes, senão a gente perde a identidade. Aqui na festa, temos um encontro de gerações num momento cultural”, destacou o artista circense Luciano Astiko.

 

A aluna de futebol society (ou fut7) Luísa de Carvalho, 11 anos, se divertiu com o desafio de se equilibrar na perna de pau. Ela estava na festa com os pais, primo e amigos e curtiu cada momento das brincadeiras e guloseimas, como algodão doce, pipoca e cachorro quente. A festa também teve um trabalho conjunto de coleta seletiva do lixo gerado, a fim de despertar a consciência dos participantes para a importância da preservação ambiental e sustentabilidade.

 

 (Camila de Magalhães/FAC/D.A Press)
Para demonstrar que basta ter vontade para superar limites, o aluno Ryan Maciel da Mata, 13 anos, deixou para trás a cadeira de rodas e, com a ajuda da instrutora circense e de um professor, colocou forca nos braços e flutuou sobre o tecido. A mãe dele, a servidora publica Sabrina Maciel, 38, ficou emocionada ao ver o filho aproveitando a atividade. “Só o coração de uma mãe pode explicar. Tão bom ver ele se esforçando, superando seus limites e tentando fazer coisas que as pessoas não acreditam que ele conseguiria, tendo paralisia cerebral. Ele deu o máximo de si com o apoio dos profissionais”, observou.

 

Mãe de autista, a administradora Nancy Fernandes, 55, exaltou a homenagem feita no evento pelo Dia Mundial da Conscientização do Autismo, celebrado hoje. “Aqui tem mãos de gente que tem carinho e se preocupa com a qualidade do serviço que presta para a comunidade. Muitas vezes, meu menino em crise não consegue aceitar os comandos, mas a equipe me ajuda muito, me incentiva e é muito bem preparada. Estou há 28 lutando por direitos, igualdade, diretrizes que possam proporcionar ao autista uma condição de vida mais decente.”

 

Programação da Festa do Circo nos Centros Olímpicos e Paralímpicos:

 

Sobradinho: 1º/4

Estrutural: 2/4

Setor O: 8/4

Parque da Vaquejada: 9/4

Samambaia: 6/5

São Sebastião: 7/5

Riacho Fundo I: 13/5

 

Horário: 9h às 13h

Aberto a alunos dos Centros e familiares.

Limitado à lotação máxima de cada unidade

 

Acompanhe nossas novidades nas redes sociais:

www.facebook.com/fundacaoassischateaubriand

www.facebook.com/esportecidadaniadf

www.twitter.com/fachateaubriand

www.linkedin.com/company/fundação-assis-chateaubriand